Sumário

Introdução
Informe de Rendimentos Vitreo
Renda Fixa
Tesouro Direto
ETF de Renda Fixa
Fundos de Investimento
Saldo em Conta Corrente Vitreo
Créditos em Trânsito
CashBack Vitreo
Previdência
Carteira Administrada
Ações
Opções
ETF Renda Variável
BDRs
FIIs

Introdução:

Todo ano é a mesma coisa, chegam os meses de fevereiro e março e os brasileiros entram naquela correria em busca dos informes de rendimentos e toda documentação necessária para realizar a declaração do Imposto de Renda.

As dúvidas são muitas e das mais variadas, ainda mais quando falamos dos mais diversos tipos de investimentos disponíveis no mercado. Pensando nisso, a Vitreo desenvolveu este e-book, para, de alguma forma, facilitar ao máximo a vida dos nossos clientes.

De acordo com a Instrução Normativa RFB nº 2.010, de 24 de fevereiro de 2021, a pessoa física residente no Brasil é obrigada a apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física referente ao exercício de 2021, se, no ano-calendário de 2020:

Critérios Condições
Renda - Recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70;
- Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00.
Ganho de capital e operações em bolsa de valores Obteve ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
Atividade rural - Relativamente à atividade rural:
a) obteve receita bruta anual em valor superior a R$ 142.798,50;
b) Pretenda compensar prejuízos da atividade rural de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário.
Bens e direitos - Teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2019, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.
Condição de residente no Brasil - Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro de 2019.

Atenção! Também estão obrigados a entregar declaração de 2021 os contribuintes que receberam rendimento acima de R$ 22.847,76 em 2020 e também o Auxílio Emergencial para enfrentamento da Covid-19.

O prazo de entrega para a Declaração do IR 2021 vai até as 23:59:59 do dia 31 de maio, conforme Instrução Normativa RFB nº 2.020, de 9 de abril de 2021 que alterou o prazo final de entrega da Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda. Quem entregar a declaração após este prazo, estará sujeito a multa.

Lembramos que a ideia deste e-book é facilitar ao máximo o entendimento do informe de rendimentos disponibilizados pela Vitreo e buscar sanar as principais dúvidas de como declarar seus investimentos. Caso tenha outras dúvidas para o preenchimento de sua declaração, você deve entrar em contato com um contador de sua confiança.

Informe de Rendimentos Vitreo

Vamos explicar melhor cada um dos itens disponíveis em seu informe de Rendimentos, para facilitar no preenchimento de sua declaração de IRPF 2021.

Os Informes de Rendimentos encontram-se disponíveis na área logada em Financeiro > Imposto de Renda > Informes de Rendimento.

Você encontrará os seguintes documentos:

  • Informe de Rendimentos - Previdência - é o informe disponibilizado pela Icatu Seguros S.A., que é a fonte pagadora e responsável tributária no caso dos planos de Previdência.
  • Extrato anual de Conta Corrente - documento com todas as movimentações realizadas na conta da Vitreo, desde transferências, resgates, aplicações, proventos e tributos com Imposto de Renda Retido na Fonte e o IOF.
  • Notas de Corretagem - documentação referente às ordens de compra e venda na B3, os investidores que possuem Ações, Opções, FIIs, BDRs, ETFs ou Carteira Administrada na Vitreo, precisam das notas de corretagem para o cálculo do preço médio dos ativos, necessário na declaração anual de IR.
  • Informe de rendimentos – Fundos de Investimentos Santander – documentação referente aos fundos de investimentos geridos pela Vitreo até maio de 2020, enquanto Vitreo . Caso tenha realizado movimentações (aplicações e resgates) entre janeiro e maio/2020 - competência extrato Santander.
  • Informe de Rendimentos – Vitreo - é o informe disponibilizado pela Vitreo já com a DTVM em funcionamento, com todas as informações necessárias referente as operações em Fundos de Investimento, Tesouro Direto e Renda Variável.

Abaixo você encontra uma explicação detalhada de cada item do seu Informe de Rendimentos – Vitreo:

Identificação da Fonte Pagadora

São as informações completas da Vitreo, como CNPJ, razão social, entre outros. Tais informações serão utilizadas na declaração do IRPF 2021.

20210126-ir-01

Rendimento Declaração de Ajuste Anual

Aqui falamos exclusivamente do Cash Back Vitreo, que possui natureza de renda tradicional, e por isso, pode estar sujeitos à tributação da tabela progressiva mensal do imposto de renda para pessoas físicas. Aquela mesma, que se aplica ao nosso suado salário.

20210126-ir-02

Explicamos detalhadamente como funciona e como declarar na aba “CashBack Vitreo”, clique aqui para acessar.

Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva - Informe de Rendimentos - Vitreo

São os rendimentos tributados na fonte no momento do seu recebimento, ou seja, tiveram a Vitreo DTVM como responsável tributária.

20210126-ir-03

Em Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva, você encontra a especificação detalhada de sua posição em 31/12/2019 e 31/12/2020, além dos rendimentos líquidos auferidos dentro do ano de 2020 para cada tipo de investimento.

Você deve informar a somatória dos rendimentos líquidos mencionados em seu Informe de Rendimentos na ficha “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”, conforme abaixo:

20210126-ir-04
  • No campo Tipo de Rendimento, selecione o código 06, “Rendimentos de aplicações financeiras”.
  • No campo tipo de Beneficiário, selecione Titular.
  • No campo CNPJ, utilize o CNPJ da Vitreo (como a Vitreo é a responsável tributária e faz toda a intermediação das aplicações e dos rendimentos, basta utilizar o CNPJ da própria Vitreo: 34.711.571/0001-56. No campo Nome da Fonte Pagadora – Nome da Corretora – utilize o seguinte: VITREO DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A.
  • No campo valor, informe a somatória de todos os ganhos líquidos auferidos no ano, exatamente como consta em seu informe de rendimentos.

Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva - Informe de Rendimentos - Fundos de Investimento Santander

Para as movimentações realizadas em Fundos de Investimento entre janeiro e maio de 2020, temos o SANTANDER CACEIS BRASIL DTVM S.A. como responsável tributário.

20210126-ir-05

Em Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva, você encontra o saldo de sua posição em 31/12/2019 e 31/12/2020, além dos rendimentos líquidos auferidos dentro do ano de 2020.

Você deve informar o Total dos rendimentos líquidos mencionados em seu Informe de Rendimentos na ficha “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”, conforme abaixo:

20210126-ir-06
  • No campo Tipo de Rendimento, selecione o código 06, “Rendimentos de aplicações financeiras”.
  • No campo tipo de Beneficiário, selecione Titular.
  • No campo CNPJ, utilize o CNPJ da Santander Caceis que é a responsável tributária das aplicações e dos rendimentos, basta utilizar o CNPJ da própria Santander Cacaeis: 62.318.407/0001-19.
  • No campo Nome da Fonte Pagadora – utilize o seguinte: SANTANDER CACEIS BRASIL DTVM S.A.
  • No campo valor, informe a somatória de todos os ganhos líquidos auferidos no ano, exatamente como consta em seu informe de rendimentos.

Saldo em contas correntes

O saldo parado em sua conta Vitreo (saldo não aplicado) também deve ser declarado.

Em saldo em contas correntes você encontra os saldos em 31/12/2019 e 31/12/2020.

20210126-ir-07

Explicamos detalhadamente como funciona e como declarar na aba “Saldo em Conta Corrente Vitreo”, clique aqui para acessar.

OBS: De acordo com a Instrução Normativa SRF 698/2006, são dispensados de informação os saldos das contas iguais ou inferiores a R$ 140,00 (cento e quarenta reais).

Créditos em Trânsito

São valores em processo de pagamento ou que ainda estão pendentes de alguma liquidação ou não foram concretizadas, por conta do funcionamento do mercado no final do ano.

20210126-ir-08

Você deve informar estes valores em “Bens e Direitos” usando o código “99”.

Explicamos detalhadamente como funciona e como declarar na aba “Créditos em Trânsito”, clique aqui para acessar.

Operações com Renda Variável

São os valores retidos na fonte. As corretoras são obrigadas a recolher o IRRF (imposto de renda retido na fonte) sobre os ganhos nas operações de renda variável, é o famoso “dedo duro”. É chamado dessa forma pois é justamente esta informação que possibilita à Receita Federal identificar as movimentações e possíveis ganhos do investidor naquele mês.

20210126-ir-09

Explicamos detalhadamente como funciona e como declarar na aba “Ações”, clique aqui para acessar.

Custódia

Informamos a quantidade em custódia em 31/12/2019 e 31/12/2020 para o mercado de Ações, Opções, BDRs, FIIs, ETFs de Renda Fixa e Renda Variável.

20210126-ir-10

Explicamos detalhadamente como funciona e como declarar na aba “Ações, Opções, FIIs, BDRs e ETFs de Renda Fixa e Renda Variável”.

Com o informe em mãos, vamos ao preenchimento de sua declaração seguindo as orientações de como declarar cada um dos itens abaixo:

Renda Fixa

Os produtos de Renda Fixa são os mais simples de declarar, uma vez que o imposto de renda é retido na fonte e não há necessidade de gerar uma DARF para pagamento.

Além disso, outro facilitador é a tabela de Imposto de Renda definida para todos os ativos:

Tempo de aplicação Alíquota sobre rendimento
Até 180 dias 22,5%
De 181 até 360 dias 20,0%
De 361 até 720 dias 17,5%
Acima de 720 dias 15,0%

Tesouro Direto e Tesouro 3.0

Os rendimentos do Tesouro Direto (Títulos Públicos) são tributados conforme alíquota de IR mencionada acima. O IR incide sobre o pagamento de juros (cupons), no vencimento ou no resgate antecipado. Por ser retido na fonte, a retenção e recolhimento destes tributos são de responsabilidade da Vitreo.

Tesouro 3.0 é uma carteira administrada onde todas as operações são registradas diretamente no CPF de cada cliente. Para facilitar o entendimento e visualização de sua carteira de investimentos, optamos em separar Tesouro 3.0 dos demais títulos do Tesouro Direto, porém ao aplicar no Tesouro 3.0, você está investindo nos mesmos títulos e, justamente por isso, no Informe de Rendimentos não existe uma aba específica do Tesouro 3.0, consolidamos tudo no CPF do cliente, consequentemente dentro do Tesouro Direto.

Saldo das Aplicações (Posição em Custódia)

Conforme informado em seu Informe de Rendimentos na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”. Você deve informar o saldo investido de suas aplicações em 31/12/2020 na ficha de Bens e Direitos, conforme abaixo:

20210126-ir-11
  • No campo “Código”, selecione o código 45, “Aplicações de Renda Fixa”.
  • No campo tipo de “Bem ou direito pertencente ao”, selecione Titular.
  • No campo “Localização”, selecione o código 105 - Brasil
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da Vitreo (como a Vitreo é o agente de custódia, responsável tributária e faz toda a intermediação das aplicações e dos rendimentos, basta utilizar o nome e o CNPJ da própria Vitreo, que são os seguintes: 34.711.571/0001-56).
  • No campo Discriminação, mencione o tipo do título do Tesouro Direto e a Vitreo como agente de custódia como consta em seu Informe de Rendimento.
  • No campo Situação em 31/12/2020, utilize o valor mencionado em “Saldos em dezembro/2020” para cada um de seus títulos públicos, conforme seu informe na Aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”.

OBS: Conforme estabelecido no Anexo II da Instrução Normativa RFB 698/06, para investimentos em Renda Fixa, sempre devemos informar o valor investido/aplicado, e não o quanto estava valendo em 31/12/2020.

Investimentos em Tesouro Direto vencidos ou resgatados antecipadamente em 2020

Você deve informar as aplicações em Tesouro Direto que venceram ou tiveram resgates parciais antecipados no ano vigente na seção de bens e direitos conforme abaixo:

20210126-ir-12
  • No campo “Código”, selecione o código 45, “Aplicações de Renda Fixa”.
  • No campo “Tipo de bem ou direito pertencente ao”, selecione Titular.
  • No campo “Localização”, selecione o código 105 - Brasil.
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da Vitreo (como a Vitreo é o agente de custódia, responsável tributária e faz toda a intermediação das aplicações e dos rendimentos, basta utilizar o nome e o CNPJ da própria Vitreo, que são os seguintes: 34.711.571/0001-56).
  • No campo Discriminação, mencione o tipo do título do Tesouro Direto, a Vitreo como agente de custódia e inclua a informação de que esta aplicação venceu ou que o resgate total foi realizado e que os rendimentos foram pagos no ano vigente. Se você resgatou algum recurso do Tesouro 3.0, os tipos de Tesouro são os seguintes: Tesouro Selic 2025 e Tesouro IPCA 2026.
  • No campo “Situação em 31/12/2020”, utilize o valor mencionado em “Saldos em dezembro/2020” para cada um dos títulos públicos, conforme seu informe na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”, que no caso será 0,00, uma vez que título venceu ou foi resgatado em sua totalidade e os rendimentos foram pagos.

OBS: No caso de resgate parcial antecipado, no campo Situação em 31/12/2020, utilize o valor mencionado em “Saldos em dezembro/2020” conforme seu informe na Aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”, que mostra exatamente o valor residual de sua aplicação.

ETF de Renda Fixa

Os ETFs de Renda Fixa são cotas de fundos negociados na B3 que buscam refletir as variações e a rentabilidade de índices de renda fixa cujas carteiras teóricas são compostas, majoritariamente, por títulos públicos ou títulos privados.

Um exemplo de ETF de Renda Fixa é o IMAB-11, que replica a carteira do IMA-B.

Por se tratar de um investimento em Renda Fixa, os rendimentos auferidos no resgate da aplicação, no pagamento de rendimentos ou na alienação do ativo no mercado secundário, são retidos na fonte, ou seja, não há necessidade do recolhimento via DARF, a retenção e recolhimento destes tributos são de responsabilidade da Vitreo.

Diferente dos outros ativos de Renda Fixa, a alíquota de IR para os ETFs de Renda Fixa, podem variar entre 15%, 20% ou 25%, uma vez que possuem tributação conforme o prazo médio da carteira (duration) dos títulos que os compõem. Quanto maior a duration, menor será a alíquota de IR.

Duration Média dos Títulos Alíquota
Até 180 dias 25%
Entre 181 e 720 dias 20%
Acima de 720 dias 15%

Consulte aqui para verificar todos os ETFs de Renda Fixa listados na B3.

Saldo das Aplicações (Posição em Custódia)

Conforme informado em seu Informe de Rendimentos na aba “Custódia”, você deve informar o saldo investido de suas aplicações em 31/12/2020 na ficha de Bens e Direitos, conforme abaixo:

20210126-ir-13
  • No campo código, selecione o código: 74 - Fundo de ações, Fundos Mútuos de Privatização, Fundos de Investimento em Empresas Emergentes, Fundos de Investimento em Participação e Fundos de Investimentos de Índice de Mercado;
  • No campo bem ou direito pertencente ao, selecione Titular;
  • No campo Localização (País), selecione 105 – Brasil;
  • No campo CNPJ, utilize o CNPJ da Vitreo que é a responsável tributária que são os seguintes: 34.711.571/0001-56
  • No campo Discriminação, digite uma descrição contendo a quantidade de cotas, nome do fundo e onde ele está custodiado.

Você pode consultar aqui o nome completo do fundo.

  • No campo “Situação em 31/12/2020”, você deve informar o valor de aquisição e não seu valor atual. Para isso, você deve calcular o preço médio de todas as compras efetuadas para este ativo e multiplicar pela quantidade total de cotas. Você deve consultar a quantidade de cotas em seu informe de rendimentos na aba: “Custódia”.

O preço médio é o custo de cada aquisição individual somados e divididos pelo total de ativos adquiridos.

Veja um exemplo:

a) Compra de 100 a R$20,00 = R$2.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$10,00 = Total = R$2.010,00

b) Compra de 400 a R$15,00 = R$6.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$40,00 = Total = R$6.040,00

Preço Médio = Total de A + Total de B / Total de ativos

Preço Médio = 2.010 + 6.040 / 500

Preço Médio = R$16,10

Caso você não tenha alterado sua posição de 2019 para 2020, basta repetir o mesmo valor anterior.

Fundos de Investimentos

As aplicações com Fundos de Investimento são bem simples de incluir em sua declaração do Imposto de Renda, já que todas as informações necessárias estão no Informe de Rendimento disponibilizado pela Vitreo.

Os rendimentos dos fundos possuem imposto de renda retido na fonte e para fins de tributação são classificados em 3 categorias de fundos:

Fundos de Curto Prazo

São fundos cuja carteira tem prazo médio igual ou inferior a 365 dias.

Prazo de Investimento Alíquota
Até 180 dias 22,50%
Acima de 180 dias 20%
Fundos de Longo Prazo

São fundos cuja carteira tem prazo médio superior a 365 dias.

Prazo de Investimento Alíquota
Até 180 dias 22,50%
De 180 até 360 dias 20%
De 361 até 720 dias 17,50%
Acima de 720 dias 15%
Fundos de Ações

São fundos que aplicam no mínimo 67% dos seus recursos em papéis da bolsa de valores.

Prazo de Investimento Alíquota IR
Independente do prazo de aplicação 15%
Fundos de Debêntures Incentivadas

São fundos cuja carteira é composta majoritariamente por debêntures do setor de infraestrutura. Tais papéis são enquadrados na Lei 12.431 de 2011 e recebem um incentivo fiscal. Assim, os fundos de debêntures incentivadas possuem isenção de Imposto de Renda para pessoas físicas.

Neste cenário enquadra-se o Journey RDVT11, fundo dedicado apenas para os detentores das debentures da Rodovias do Tietê (RDVT11).

O código do fundo para declaração de imposto de renda é código 72 - Fundos de Longo Prazo.

Os fundos com tributação de Curto e Longo Prazo ainda possuem a incidência do Come-Cotas, que nada mais é que uma antecipação no recolhimento do Imposto de Renda.

O come-cotas é cobrado semestralmente, nos últimos dias úteis de maio e novembro, sempre utilizando a menor alíquota possível, no caso dos fundos de curto prazo 20% e nos fundos de longo prazo 15%.

Saldo das Aplicações (Posição em Custódia)

Conforme informado em seu Informe de Rendimentos na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”, você deve informar o saldo de suas aplicações em fundos no dia 31/12/2020 na ficha de Bens e Direitos, conforme abaixo:

20210126-ir-14

No campo “Código”, escolha conforme as opções:

71 – Fundo de Curto Prazo

72 – Fundo de Longo Prazo e Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC)

74 - Fundo de ações, Fundos Mútuos de Privatização, Fundos de Investimento em Empresas Emergentes, Fundos de Investimento em Participação e Fundos de Investimentos de Índice de Mercado

OBS: No final desse e-book, deixamos um anexo com todos os fundos disponíveis na Vitreo e a qual código e tributação o fundo se refere.

  • No campo “Tipo de bem ou direito pertencente ao”, selecione Titular.
  • No campo “Localização”, selecione o código 105 – Brasil
  • No campo “Discriminação”, digite uma descrição contendo o nome do fundo, CNPJ e por onde ele é distribuído.
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da Vitreo (Como a Vitreo é a responsável tributária perante a Receita Federal e faz toda a distribuição das aplicações via conta e ordem, basta utilizar o nome e o CNPJ da própria Vitreo, que são os seguintes: 34.711.571/0001-56).
  • No campo “Situação em 31/12/2020”, utilize o valor mencionado em “Saldos em dezembro/2020” para cada um dos fundos de investimentos, conforme seu informe na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”.

Resgate Total ou Parcial dos Fundos de Investimento

Você deve informar as aplicações em fundos que tiveram resgate total ou parcial no ano vigente na seção de bens e direitos conforme abaixo:

20210126-ir-15

No campo “Código”, escolha conforme as opções:

71 – Fundo de Curto Prazo

72 – Fundo de Longo Prazo e Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC)

74 - Fundo de ações, Fundos Mútuos de Privatização, Fundos de Investimento em Empresas Emergentes, Fundos de Investimento em Participação e Fundos de Investimentos de Índice de Mercado

OBS: No final desse e-book, deixamos um anexo com todos os fundos disponíveis na Vitreo e a qual código e tributação o fundo se refere.

  • No campo “Tipo de bem ou direito pertencente ao”, selecione Titular.
  • No campo “Localização”, selecione o código 105 - Brasil
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da Vitreo (Como a Vitreo é a responsável tributária perante a Receita Federal e faz toda a distribuição das aplicações via conta e ordem, basta utilizar o nome e o CNPJ da própria Vitreo, que são os seguintes: 34.711.571/0001-56).
  • No campo “Discriminação”, digite uma descrição contendo o nome do fundo, CNPJ e por onde ele é distribuído. Em caso de resgate total, inclua a informação de que esta aplicação teve um resgate total realizado e que os rendimentos foram pagos no ano vigente.
  • No campo “Situação em 31/12/2020”, digite o valor do saldo no fundo exatamente como consta em seu Informe de Rendimentos, na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”. Em caso de resgate total o valor mencionado em seu informe será 0,00, no caso de resgate parcial, no campo Situação em 31/12/2020, utilize o valor mencionado em seu informe que mostra exatamente o valor residual de sua aplicação.

Saldo em Conta Corrente Vitreo

O valor disponível em sua conta Vitreo em 31/12/2020, também precisa ser informado em sua declaração anual. Você deve informá-lo na ficha “Bens e Direitos”, conforme abaixo:

20210126-ir-16
  • No campo “Código”, selecione o código 69, “Outros depósitos à vista e numerário”.
  • No campo “Tipo de bem ou direito pertencente ao”, selecione Titular.
  • No campo “Localização”, selecione o código 105 - Brasil
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da Vitreo. O CNPJ da Vitreo é 34.711.571/0001-56.
  • No campo “Discriminação”, mencione saldo disponível em conta.
  • No campo “Situação em 31/12/2020”, utilize o valor mencionado em seu informe na aba “Contas Corrente”.

OBS: De acordo com a Instrução Normativa SRF 698/2006, são dispensados de informação os saldos das contas iguais ou inferiores a R$ 140,00 (cento e quarenta reais).

Créditos em Trânsito

São valores em processo de pagamento, que ainda estão pendentes de alguma liquidação.

Resumindo, são aplicações ou resgates realizados nos últimos dias úteis do ano, que, por motivo de funcionamento do mercado, tiveram seus pagamentos efetivamente liquidados no ano seguinte.

Por exemplo:

a) Aplicações que tiveram o débito na conta Vitreo do cliente, porém a posição adquirida ainda não é demonstrada dentro da Carteira de Investimentos do cliente.

b) Resgate de um fundo que teve seu processo de cotização encerrado dentro do ano de 2020, logo não consta mais na posição do cliente, porém teve o crédito referente a este resgate somente no ano de 2021.

OBS: Neste cenário incluem-se também os Dividendos e Juros Sob Capital Próprio declarados pela companhia aberta, porém ainda não creditados na Conta Vitreo dos acionistas.

Os Créditos em Trânsito devem ser declarados na ficha “Bens e Direitos”, conforme abaixo:

20210126-ir-17
  • No campo “Código”, selecione o código 99, “Outros bens e direitos”.
  • No campo “Localização”, selecione o código 105 - Brasil
  • No campo “Discriminação”, mencione da seguinte forma: “Créditos em Trânsito – Investimentos aguardando sua liquidação no encerramento do ano vigente.”
  • No campo “Situação em 31/12/2020”, utilize o valor mencionado em seu informe na aba Créditos em Trânsito.

CashBack Vitreo

Os fundos de terceiros remuneram a Vitreo pela distribuição em nossa plataforma. Essa remuneração (“rebate”), é um percentual das taxas de administração e performance do fundo, que pode variar de acordo com o volume de investimentos que a Vitreo leva para o fundo em questão. Além de dividir com você parte dessa remuneração, padronizamos a parcela do rebate que nos cabe, criando assim o modelo de Cashback sem conflito.

A Vitreo ficará com, no máximo, 0,20% a.a., subtraídos do rebate líquido da taxa de administração (após o desconto dos impostos sobre a receita). O saldo restante será revertido para você na forma de cashback, depositado na sua conta da Vitreo mensalmente.

O rebate líquido da taxa de performance, quando houver, (após o desconto dos impostos sobre a receita) será integralmente revertido para você na forma de cashback.

Com relação à tributação, diferentemente dos rendimentos que você recebe com Fundos de Investimento, os valores creditados a você como cashback têm natureza de renda tradicional, e por isso podem estar sujeitos à tributação da tabela progressiva mensal do imposto de renda para pessoas físicas. Aquela mesma, que se aplica ao nosso suado salário.

Essa retenção é de responsabilidade da Vitreo, então pode ficar despreocupado com relação a este ponto.

A Vitreo disponibiliza essas informações no informe de rendimento na aba “Rendimento Declaração de Ajuste Anual”, dessa forma basta realizar o preenchimento da seguinte forma:

20210126-ir-18
  • No campo “CPF/CNPJ da fonte pagadora”, informe o CNPJ da Vitreo. O CNPJ da Vitreo é 34.711.571/0001-56.
  • No campo “Nome da Fonte Pagadora”, preencha com Vitreo Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.
  • No campo “Rendimentos recebidos de pessoa jurídica”, preencha com o valor mencionado em seu informe na aba “CashBack”.
  • No campo “Imposto retido na fonte”, preencha com o valor mencionado, exatamente como consta em seu Informe de Rendimento.
  • Os restantes dos campos podem ficar em branco.

Previdência

Quem realizou investimentos nos planos de Previdência disponíveis na Vitreo de olho na aposentadoria ao longo do ano de 2020, chegou a hora de acertar contas com a Receita Federal.

Diferentemente do que ocorre com os outros investimentos citados anteriormente, no caso de Previdência, a Fonte Pagadora e responsável tributária é a Icatu Seguros S.A. Dessa forma, o Informe de Rendimentos é de responsabilidade da própria Icatu e será disponibilizado por ela.

Caso você tenha apenas planos de Previdência contratados através da plataforma da Vitreo (Fundos Vitreo de Previdência), você poderá acessar o seu informe em sua área logada, junto com o Informe de Rendimentos da própria Vitreo. Agora, caso você tenha além dos planos da Vitreo, outros planos de Previdência contratados através de outro distribuidor, que também utiliza a Icatu como Seguradora, o informe somente estará disponível na área logada da Icatu.

Para acessar a área logada da Icatu, basta clicar em https://clientes.icatuseguros.com.br/login, caso seja sua primeira vez acessando ao site da Icatu ou ainda não tenha criado uma senha, basta clicar em “Primeiro acesso” para criá-la e ter acesso ao informe de rendimentos.

Preparamos um passo a passo para te ajudar a declarar sua Previdência no IRPF 2021. A declaração é bem simples, a única diferença são as informações apresentadas devido as regras que cada plano possui.

Ao optar por um plano de previdência complementar, o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) é indicado para quem faz a declaração completa do IRPF, pois permite deduzir até 12% da renda bruta anual tributável. No resgate ou recebimento do benefício do PGBL, a cobrança do IR é feita sobre o valor total recebido (contribuições + rendimentos).

Já o VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) não permite utilizar o valor investido para dedução da renda bruta tributável. Entretanto, no resgate dos recursos acumulados, o IR incide exclusivamente sobre os rendimentos. Esta modalidade é indicada para quem faz a declaração do IR pelo modelo simplificado ou para quem ainda não declara.

Com relação a tributação da previdência privada, você pode optar pelo pagamento de imposto através da tabela regressiva ou progressiva, veja a diferença:

Tabela Regressiva:

Na tabela regressiva, a alíquota do imposto diminui com o passar dos anos. Esta tabela é a melhor escolha para o investidor que deseja resgatar no médio, longo prazo.

O imposto é cobrado exclusivamente na fonte e não pode ser compensado ou restituído na Declaração de Ajuste Anual. O imposto será aplicado pelo tempo de permanência de cada contribuição.

Seguem alíquotas da tabela regressiva conforme o prazo:

Até 2 anos 35%
De 2 a 4 anos 30%
De 4 a 6 anos 25%
De 6 a 8 anos 20%
De 8 a 10 anos 15%
Acima de 10 anos 10%

Tabela Progressiva:

A tabela progressiva (a mesma utilizada para impostos sobre salário) é a mais indicada para quem terá pouco tempo de acúmulo de rendimentos.

Na tabela progressiva, o pagamento do imposto é feito em duas etapas:

No momento do resgate: retenção da alíquota de 15%, a título de antecipação do imposto devido, pago na fonte sobre o valor total resgatado (no caso de PGBL) ou sobre os rendimentos obtidos (no caso de VGBL).

No momento do recebimento de renda: deve ser feita a declaração de IRPF. O valor do imposto de renda será calculado de acordo com a tabela progressiva vigente.

As alíquotas desta tabela aumentam conforme a quantia no Fundo. Alguns valores têm isenção de imposto. A tabela é alterada periodicamente, consulte aqui a tabela atualizada.

Como declarar o PGBL?

O PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) não deve ser declarado como um bem. Portanto, é preciso que você declare apenas os seus aportes no campo “Pagamentos Efetuados”.

20210126-ir-19 20210126-ir-20 20210126-ir-21
  • Na aba de “Pagamentos efetuados”, clique em “Novo”;
  • Em seguida, você completará com o código do pagamento (36 – Previdência Complementar) e se o plano está em seu nome (Titular) ou do seu dependente.
  • Nos campos de “CNPJ” e “Nome”, você poderá completar com: 42.283.770/0001-39 e o nome da seguradora, a Icatu Seguros S/A.
  • Em “Valor pago”, você deverá completar com o total de aportes feitos no ano-calendário, como no campo 8, “Informações Complementares” do “Informe de Rendimentos”.

Como declarar o VGBL?

O VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) deve ser declarado como um bem e você deve informá-lo na ficha “Bens e Direitos”, conforme abaixo:

20210126-ir-22
  • No campo “Código”, selecione o código 97, “VGBL – Vida Gerador de Benefício Livre”.
  • No campo “Tipo de bem ou direito pertencente ao”, se o plano está em seu nome (Titular) ou do seu dependente.
  • No campo “Localização”, selecione o código 105 - Brasil
  • No campo “CNPJ”, você deve preencher o CNPJ da seguradora do fundo de previdência. Nos casos dos planos de previdência da Vitreo, a Icatu (CNPJ: 42.283.770/0001-39), é a seguradora.
  • No campo “Discriminação”, mencione o nome do fundo de previdência (ou fundos, se tiver mais de um plano VGBL) – Nome do Titular, CPF do Titular e Nº do certificado. Para verificar o Nº do certificado do seu plano, acesse sua área logada da Vitreo e clique em “Previdência”.
  • No campo “Situação em 31/12/2020”, você deverá preencher apenas com os valores citados no Informe de Rendimentos – 6- Saldos em Conta Corrente e em VGBL - que irá considerar apenas aportes e/ou retiradas, desconsiderando os rendimentos.

OBS: Ao informar os valores do seu plano VGBL, é importante ressaltar que aqui falamos apenas do saldo que você tem nesta modalidade. Não estamos levando em conta os rendimentos sobre o investimento nem os resgastes eventualmente feitos.

Resgates/ Benefícios Previdência

Quando chega a hora de receber o montante que acumulou, você poderá escolher se quer resgatar ou ter uma renda (que pode ser vitalícia). O mesmo vale para resgates feitos “antes da hora de aposentar”.

Na hora de receber o dinheiro, o que vai ser levado em conta e que vai determinar o modo de declaração não é a modalidade (PGBL ou VGBL), mas sim o regime tributário que você escolheu: Progressivo ou Regressivo.

Regime Progressivo:

No regime progressivo, os rendimentos serão tributados na Declaração devido aos ajustes que devem ser feitos. Sendo assim, devem ser declarados no campo “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”.

20210126-ir-23
  • Informe o número 42.283.770/0001-39 no campo do CNPJ e Icatu Seguros S/A no campo do Nome da Fonte Pagadora;
  • Os campos “Rendimentos recebidos de pessoa jurídica” e “Imposto retido na fonte” devem ser preenchidos com os valores do campo “Rendimentos Tributáveis na Declaração de Ajuste Anual" do seu informe de rendimentos, de acordo com a modalidade do seu plano: VGBL ou PGBL. Os demais campos de valores ficarão em branco.

Regime Regressivo

Os rendimentos recebidos em planos com regime regressivo são tributados exclusivamente na fonte pagadora. Dessa forma, devem ser declarados no campo “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”.

20210126-ir-24
  • No campo “Tipo de Rendimento” deve ser preenchido com “12 –Outros”;
  • Em “Tipo de Beneficiário”, você assinalará se o plano está em seu nome ou de seu dependente;
  • Informe o número 42.283.770/0001-39 no campo do CNPJ e Icatu Seguros S/A no campo do Nome da Fonte Pagadora;
  • No campo “Descrição”, você precisa informar o nome do fundo e se o plano é PGBL ou VGBL.
  • No campo “Valor” você preencherá com as informações correspondentes ao resgate ou benefício, conforme informado pela seguradora no informe de rendimentos no campo “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”.

Carteira Administrada

É um serviço que une sua conta de custódia individual com a gestão dos seus recursos por especialistas. Ou seja, em uma carteira administrada, você contrata um gestor autorizado pela CVM para tomar as decisões de investimento em seu nome em relação aos recursos de uma conta de investimento específica que você já tenha ou vá abrir.

Atualmente, temos 5 Carteiras Administrada disponíveis: Tesouro 3.0, Double Income, Investimentos Alternativos, Renda Imobiliária e Vacas Leiteiras.

Ao investir em uma Carteira Administrada, sua Conta de Custódia será uma conta nova (com exceção do Tesouro 3.0), adicional e separada de sua Conta de Custódia Individual na Vitreo (Conta Original), porem para fins tributáveis, os investimentos são registrados no mesmo CPF, por isso no Informe de Rendimentos não há uma segregação do que é Carteira Administrada e do que é sua Conta Original, ambas informações estão especificadas no mesmo local.

No Informe de Rendimentos disponibilizamos somente a quantidade dos ativos de Renda Variável, o cálculo do preço médio de cada ativo é de responsabilidade do investidor. A Vitreo disponibiliza as notas de corretagem e toda documentação necessária para que o cliente realize o cálculo.

Vale ressaltar que tais informações estão no contrato da Carteira Administrada – Vacas Leiteiras, Double Income e Renda Imobiliária.

Para facilitarmos a declaração de sua Carteira Administrada o Imposto de Renda 2021, vamos a um passo a passo:

Vacas Leiteiras – Possui como estratégia principal: Ações negociadas na B3, que distribuem dividendos e para gestão de caixa: cotas de fundos de investimento da classe de renda fixa ou outros instrumentos líquidos de gestão de caixa, como títulos públicos federais e operações compromissadas.

Para declaração do Impostos de Renda você vai precisar:

  • Notas de Corretagem disponibilizadas na área logada em Financeiro > Imposto de Renda > Informes de Rendimento.
  • Proventos Recebidos que você pode consultar em sua área logada na aba Proventos dentro de Renda Variável.
  • Relação das DARFs que foram pagas no ano de 2020.
  • Informe de Rendimentos – Vitreo.

Explicamos detalhadamente como funciona e como declarar na aba “Ações”, na página 29 deste e-book. Você vai encontrar como declarar suas Ações em Bens e Direitos, como realizar o cálculo do preço médio de cada uma de suas ações, como declarar os lucros auferidos mês a mês, além de como declarar os Proventos como: Dividendos e Juros Sob Capital Próprio.

Além da parte de Ações, uma parte da Carteira Administrada está alocada em gestão de caixa, que estará discriminada na Aba “Rendimentos Sujeito a Tributação Exclusiva” de seu Informe de Rendimentos - Vitreo.

Renda Imobiliária - Possui como estratégia principal: Cotas de FIIs negociadas na B3, geridos por terceiros e para gestão de caixa: cotas de fundos de investimento da classe de renda fixa ou outros instrumentos líquidos de gestão de caixa, como títulos públicos federais e operações compromissadas.

Para declaração do Impostos de Renda você vai precisar:

  • Notas de Corretagem disponibilizadas na área logada em Financeiro > Imposto de Renda > Informes de Rendimento.
  • Informe de rendimento enviado pelos Administradores dos fundos via Correios. Caso não os tenha recebido, você pode consultar aqui o contato do administrador do fundo para solicitar o seu informe.
  • Relação das DARFs que foram pagas no ano de 2020, no caso de lucro com as operações de vendas dos FIIs.
  • Informe de Rendimentos – Vitreo.

Explicamos detalhadamente como funciona e como declarar na aba “FIIs”, na página 47 deste e-book. Você vai encontrar como declarar seus FIIs em Bens e Direitos, como realizar o cálculo do preço médio de cada um de seus FIIs, como declarar os lucros auferidos mês a mês, além de como declarar os Rendimentos Isentos recebidos.

Além da parte de Ações, uma parte da Carteira Administrada está alocada em gestão de caixa, que estará discriminada na Aba “Rendimentos Sujeito a Tributação Exclusiva” de seu Informe de Rendimentos - Vitreo.

Double Income – Possui como estratégia principal: FIIs e Ações negociadas na B3, que distribuem rendimentos/dividendos, e títulos públicos, inclusive indiretamente. Para gestão de caixa: cotas de fundos de investimento da classe de renda fixa ou outros instrumentos líquidos de gestão de caixa, como títulos públicos federais e operações compromissadas.

Para declaração do Impostos de Renda você vai precisar:

  • Notas de Corretagem disponibilizadas na área logada em Financeiro > Imposto de Renda > Informes de Rendimento.
  • Proventos Recebidos que você pode consultar em sua área logada na aba Proventos dentro de Renda Variável.
  • Relação das DARFs que foram pagas no ano de 2020.
  • Informe de Rendimentos – Vitreo.
  • Informe de rendimento enviado pelos Administradores dos fundos via Correios. Caso não os tenha recebido, você pode consultar aqui o contato do administrador do fundo para solicitar o seu informe.

Explicamos detalhadamente como funciona e como declarar na aba “Ações”, na página 29 deste e-book. Você vai encontrar como declarar suas Ações em Bens e Direitos, como realizar o cálculo do preço médio de cada uma de suas ações, como declarar os lucros auferidos mês a mês, além de como declarar os Proventos como: Dividendos e Juros Sob Capital Próprio.

Explicamos detalhadamente como funciona e como declarar na aba “FIIs”, na página 47 deste e-book. Você vai encontrar como declarar seus FIIs em Bens e Direitos, como realizar o cálculo do preço médio de cada um de seus FIIs, como declarar os lucros auferidos mês a mês, além de como declarar os Rendimentos Isentos recebidos.

Além da parte de Ações, uma parte da Carteira Administrada está alocada em gestão de caixa, que estará discriminada na Aba “Rendimentos Sujeito a Tributação Exclusiva” de seu Informe de Rendimentos - Vitreo.

Investimentos Alternativos – Diferente do que acontece nas outras Carteiras, a Vitreo faz a gestão não-discricionária, significa que ao encontramos uma boa oportunidade de investimentos, falamos com o cliente antes de investir.

As oportunidades de investimentos poderão ser Fundos de Investimentos estruturados, também conhecidos como alternativos ou ilíquidos (os prazos tendem a variar entre 5-10 anos, sem a possibilidade de resgate antecipado). Estes fundos usualmente investem em companhias fechadas, e seus gestores atuam na gestão dessas companhias investidas, buscando agregar valor para uma futura venda - e, por isso, são investimentos que não permitem resgates.

Para declaração do Impostos de Renda você vai precisar:

  • Informe de Rendimentos – Vitreo.

Explicamos detalhadamente como declarar na aba “Fundos de Investimento”, clique aqui para acessar

Ações

Se você começou a investir em ações em 2020 e vai declará-las pela primeira vez no IRPF 2021, não se preocupe, confira o passo a passo que montamos para você:

A tributação de ações funciona da seguinte forma:

  • 20% sobre o lucro para operações Day-trade.
  • 15% sobre o lucro para operações Normais.

OBS: Isenção do Imposto de Renda para vendas que não ultrapassem o limite de 20 mil reais dentro do mês.

Diferente de outros produtos como Tesouro Direto e Fundos de Investimento, que possuem imposto de renda retido na fonte sobre seus rendimentos, os lucros auferidos no caso de Ações, Opções, FIIs, entre outros, devem ser recolhidos via DARF, e o próprio investidor é o responsável pelo cálculo e pagamento.

Ainda assim, as corretoras são obrigadas a recolher o IRRF (imposto de renda retido na fonte) sobre os ganhos nas operações de renda variável, é o famoso “dedo duro”. É chamado dessa forma pois é justamente esta informação que possibilita a Receita Federal identificar as movimentações e possíveis ganhos do investidor naquele mês.

  • Para operações de Day-trade o IRRF é de 1% sobre o lucro obtido.
  • Para operações normais o IRRF é de 0,05% sobre o lucro obtido.

OBS: As operações normais possuem isenção de IR para vendas até o limite de 20 mil no mês, dessa forma o IRRF só será cobrado caso o investidor ultrapasse este valor.

O imposto retido na fonte poderá ser:

(i) deduzido do imposto sobre ganhos líquidos apurados no mês;

(ii) compensado com o imposto incidente sobre ganhos líquidos apurados nos meses subsequentes;

(iii) compensado na declaração de ajuste anual se, após a dedução de que tratam os itens I e II, houver saldo de imposto retido;

(iv) compensado com o imposto devido sobre o ganho de capital na alienação de ações.

A apuração dos lucros obtidos com Ações, Opções, FIIs, BDRs e ETFs de Renda Variável são mensais e o prazo para o recolhimento da DARF deve ser realizado sempre no último dia útil do mês subsequente.

Para declarar seu Imposto de Renda em Renda Variável você precisará dos seguintes itens:

  • Posição Ações em 31/12/2020 (disponível em seu informe de rendimentos na aba “Custódia”).
  • Notas de Corretagem do ano de 2020.
  • Proventos recebidos em 2020.
  • Extrato de Conta Corrente de 2020.

Com o informe e todos os relatórios necessários podemos começar a declaração do IRPF 2021.

Saldo das Aplicações (Posição em Custódia)

Você deve informar o saldo investido de suas aplicações em 31/12/2020 na ficha de Bens e Direitos, conforme abaixo:

20210126-ir-25
  • No campo “Código”, selecione o código: 31 - Ações (Inclusive as provenientes de linha telefônica);
  • No campo “Bem ou direito pertencente ao”, selecione Titular;
  • No campo “Localização (País)”, selecione 105 – Brasil;
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da companhia, que pode ser consultado no link abaixo.
  • No campo “Discriminação”, digite uma descrição contendo a quantidade de ações em 31/12/2020, código de negociação, a razão social da empresa, e em qual corretora os ativos estão custodiados.

Você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ das companhias.

  • No campo “Situação em 31/12/2020”, você deve informar a quantidade de ações (você encontra a quantidade em seu Informe de Rendimento na aba “Custódia”) multiplicadas pelo valor de aquisição das ações e não pelo seu valor atual. Para isso, você deve calcular o preço médio de todas as compras efetuadas para cada um dos ativos.

Para verificar os preços de aquisições dos ativos, consultar suas notas de corretagem.

O preço médio é o custo de cada aquisição individual somados e divididos pelo total de ativos adquiridos.

Veja um exemplo:

a) Compra de 100 a R$20,00 = R$2.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$10,00 = Total = R$2.010,00

b) Compra de 400 a R$15,00 = R$6.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$40,00 = Total = R$6.040,00

Preço Médio = Total de A + Total de B / Total de ativos

Preço Médio = 2.010 + 6.040 / 500

Preço Médio = R$16,10

Caso você não tenha alterado sua posição de 2019 para 2020, basta repetir o mesmo valor anterior.

Proventos Recebidos

JCP – Juros Sob Capital Próprio

Você deve informar todos os valores líquidos recebidos das companhias abertas, informando de forma separada a razão social e o CNPJ de cada uma das fontes pagadoras conforme abaixo:

20210126-ir-26
  • No campo “Tipo de Rendimento”, selecione o código: 10 – Juros sobre capital próprio;
  • No campo “Tipo de Beneficiário”, selecione Titular;
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da companhia aberta.
  • No campo “Nome da Fonte Pagadora”, informe a razão social da companhia aberta.

Você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ das companhias.

Os proventos recebidos estão disponíveis para consulta em seu Extrato anual de conta corrente ou na aba Proventos dentro de Renda Variável.

Dividendos e Rendimentos

Você deve informar os valores recebidos por meio de dividendos das companhias abertas, informando de forma separada a razão social e o CNPJ de cada uma das fontes pagadoras conforme abaixo:

20210126-ir-27
  • No campo “Tipo de Rendimento”, selecione o código: 09 – Lucros e dividendos recebidos;
  • No campo tipo de “Beneficiário”, selecione Titular;
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da companhia aberta.
  • No campo “Nome da Fonte Pagadora”, informe a razão social da companhia aberta.

Você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ das companhias.

Os proventos recebidos estão disponíveis para consulta em seu Extrato anual de conta corrente ou na aba Proventos dentro de Renda Variável.

Bonificação de Ações

É a distribuição gratuita de novas ações aos acionistas da empresa em forma proporcional das já existentes, devido ao aumento de capital de uma empresa quando a mesma precisa incorporar as suas reservas de lucros.

O investidor que receber Bonificações deve declarar em seu Imposto de Renda o custo de aquisição dessas ações bonificadas na ficha de Rendimentos Isentos e não tributáveis como abaixo:

20210126-ir-28
  • No campo “Tipo de Rendimento”, selecione o código: 18 – Incorporação de reservas ao capital/Bonificações em ações;
  • No campo tipo de “Beneficiário”, selecione Titular;
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da companhia aberta.
  • No campo “Nome da Fonte Pagadora”, informe a razão social da companhia aberta.

Você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ das companhias.

  • No campo “Valor”, você deverá informar o valor da bonificação recebido. Essas informações constam no fato relevante da companhia. Para exemplificar melhor, digamos que o valor unitário da ação é de R$8,00 e você recebeu 100 ações, dessa forma o valor de bonificação seria de R$ 800,00 (8x100).

Além de informar o valor da bonificação recebida, você deve incluir as ações recebidas por bonificação em sua posição em Bens e Direitos como abaixo:

20210126-ir-29
  • No campo “Código”, selecione o código: 31 - Ações (Inclusive as provenientes de linha telefônica);
  • No campo “Bem ou direito pertencente ao”, selecione Titular;
  • No campo “Localização (País)”, selecione 105 – Brasil;
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ da companhia que pode ser consultado no link abaixo.
  • No campo “Discriminação”, digite uma descrição contendo a quantidade de ações em 31/12/2020, código de negociação, a razão social da empresa, e em qual corretora os ativos estão custodiados.

Você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ das companhias.

  • No campo “Situação em 31/12/2020”, você deve informar a quantidade de ações multiplicadas pelo valor de aquisição das ações, nesse caso incluindo o valor de aquisição e a quantidade bonificada, calculando um novo preço médio.

Lucros em Ações – Rendimentos Isentos

Os rendimentos auferidos nas vendas de ações (operações normais) realizadas no mês até o limite de R$20 mil reais, são isentas de IR, mas devem ser declaradas conforme abaixo:

20210126-ir-30
  • No campo “Tipo de Rendimento”, selecione o código: 20 – Ganhos líquidos em operações no mercado à vista de ações ... até R$20.000,00;
  • No campo tipo de “Beneficiário”, selecione Titular;
  • No campo “Valor” informe os rendimentos líquidos auferidos no ano de 2020 oriundos de operações que não ultrapassaram os R$20 mil de vendas no mês.

Ações Isentas de Imposto de Renda

Existem 7 ações que são isentas de Imposto de Renda, independentemente do valor de venda, o investidor não precisa se preocupar em realizar o preenchimento da DARF e recolher este imposto.

Essas ações foram beneficiadas pela Lei Nº13.043, de 13 de novembro de 2014, que prevê isenção de IR sobre o ganho de capital para Pessoas Físicas. Tal isenção se aplica, desde que a venda das ações seja realizada até 31/12/2023.

Este benefício foi concedido às empresas que em 10/07/2014, atendiam, dentre outras, as seguintes condições:

  • Segmento de listagem no Bovespa Mais;
  • Valor de mercado inferior a 700 milhões de reais;
  • Receita bruta anual inferior à que 500 milhões de reais.

As 7 ações isentas de IR na B3 são:

  • Sinqia (SQIA3);
  • General Shopping (GSHP3);
  • Brasil Agro (AGRO3);
  • CR2 (CRDE3);
  • Nutriplant (NUTR3);
  • Pomifrutras (FRTA3);
  • PetroRio (PRIO3);

No caso de PetroRio (PRIO3), com a conclusão da Oferta Pública de Ações com Esforços Restritos divulgada em 18/01/2021 (“Follow-on“), o benefício fiscal previsto no Art. 16, da Lei nº 13.043/14, deixou de existir. Assim, as ações emitidas no âmbito da Oferta e as adquiridas após a Oferta (a partir de 01/02/2021) não gozarão do referido benefício fiscal, ficando a pessoa física que alienar as Ações subscritas na Oferta em de bolsa de valores sujeita ao Imposto de Renda incidente sobre ganho de capital, à alíquota vigente à época da alienação, calculado na forma da legislação aplicável.

Clique aqui para acessar o comunicado na íntegra do RI da PetroRio.

Quanto a declaração do Imposto de Renda seguimos padrão abaixo:

a) A posição em 31/12/2020 deve ser declarado em “Bens e Direitos”, conforme explicado anteriormente em Saldo das Aplicações (Posição em Custódia)

b) Os rendimentos auferidos nas vendas dessas ações devem ser declarados em Rendimentos Isentos e não Tributáveis conforme explicado anteriormente em Lucros em Ações – Rendimentos Isentos

Lucros e Prejuízos com Ações

Operações de Day-trade e operações normais (somente para vendas superiores à 20 mil no mês) que tiveram encerramento parcial ou total da posição, tenha lucro ou prejuízo, devem ser declaradas mês a mês na Aba de Renda Variável > Operações Comuns/Day-Trade.

Antes de começar o preenchimento você precisa ter os lucros e prejuízos auferidos separados entre operação comum e operação Day-trade.

20210126-ir-31 20210126-ir-32

No campo “Mercado à vista – ações” você deve informar o lucro ou prejuízo obtido mês a mês nas operações de Ações. Nos meses em que não ocorreram o encerramento total ou parcial de sua posição, não é necessário nenhum preenchimento.

Caso você também tenha operado Opções, ETFs e BDRs, os lucros ou prejuízos devem estar somados. Lembrando que os lucros e prejuízos podem ser compensados entre Ações, Opções, BDRs e ETFs desde que utilizem a mesma alíquota.

No campo “Resultados”, no mês de janeiro, desde que tenha prejuízos acumulados, você pode incluir a somatória do prejuízo acumulado declarada no ano anterior, preenchendo o campo “Resultado negativo até o mês anterior”.

Dessa forma, o programa automaticamente acumula os prejuízos para os meses seguintes.

20210126-ir-33

No campo “Consolidado do Mês”, você deve informar conforme abaixo:

20210126-ir-34
  • No campo “IR fonte de Day-trade no mês”, você deve somar todos os valores que foram retidos na fonte nas operações de day-trade em cada mês. Para isso você deve pegar essas informações em sua nota de corretagem.
  • No campo “IR fonte (Lei nº. 11.033/2004) no mês” você deve informar o Imposto de Renda Retido na Fonte sobre as operações normais em que as vendas ultrapassaram o limite de R$20 mil no mês.
  • No campo “Imposto pago”, caso você tenha imposto a pagar devido a suas operações dentro do mês, o recolhimento deve ser feito via DARF, dessa forma você precisa informar o valor que foi pago neste campo.

OBS: Caso você tenha realizado o pagamento da DARF em atraso, pagando multa e juros, o valor a ser informado neste campo é o valor principal, sem os encargos somados.

Opções

As operações e posições com Opções, independente do volume financeiro, devem ser declaradas no Imposto de Renda 2021.

A tributação é mesma utilizada em ações, 15% para operações normais (não existe a isenção do IR em vendas até o limite de 20 mil no mês) e 20% para operações de Day-trade.

O resultado das operações com Opções, assim como acontece com Ações, é apurado mensalmente e pago sempre no último dia útil do mês subsequente.

Antes de mais nada vamos entender a diferença entre Lançador e Titular:

  • Lançador é quem vende as opções no mercado, recebe o dinheiro por essa venda e poder ser exercido ou não.
  • Titular é quem compra as opções, podendo vende-la no mercado ou realizar o exercício da opção.

Nas operações onde ocorra o exercício da opção, temos 4 cenários:

  • Titular da opção de compra
    Que tem o direito de comprar (exercer a opção de compra) o resultado se dá pela diferença positiva entre o valor da venda à vista do ativo na data do exercício da opção e o preço de exercício, acrescido do valor do prêmio.
  • Lançador da opção de compra
    Que tem a obrigação de vender ao ser exercido, o resultado se dá pela diferença positiva entre o preço de exercício da opção, acrescido do valor do prêmio, e o custo de aquisição do ativo objeto do exercício.
  • Titular de opção de venda
    Que tem o direito de vender (exercer a opção de venda) o resultado se dá pela diferença positiva entre o preço de exercício da opção e o valor da compra à vista do ativo, acrescido do valor do prêmio.
  • Lançador da opção de venda
    Que tem a obrigação de comprar ao ser exercido, o resultado se dá pela diferença positiva entre o preço da venda à vista do ativo na data do exercício da opção, acrescido do valor do prêmio, e o preço de exercício da opção.

Atenção

  • Não ocorrendo a venda à vista do ativo na data do exercício da opção, o ativo terá como custo de aquisição o preço de exercício da opção, acrescido ou deduzido do valor do prêmio, no caso de titular de opção de compra e lançador da opção de venda, respectivamente.
  • Para efeito de apuração do ganho líquido, o custo de aquisição dos ativos negociados nos mercados de opções, bem como os valores recebidos pelo lançador da opção, será calculado pela média ponderada dos valores unitários pagos ou recebidos.
  • Não havendo encerramento ou exercício da opção, o valor do prêmio constituirá ganho para o lançador e perda para o titular, na data do vencimento da opção.

Saldo das Aplicações (Posição em Custódia)

Você deve informar o saldo em custódia de suas aplicações com Opções em 31/12/2020 na ficha de Bens e Direitos, conforme abaixo:

20210126-ir-35
  • No campo “Código”, selecione o código: 47 – Mercados futuros, de opções e a termo;
  • No campo “Localização (País)”, selecione 105 – Brasil;
  • No campo “Discriminação”, digite uma descrição contendo a quantidade de opões em 31/12/2020, código de negociação, a razão social da empresa, e em qual corretora os ativos estão custodiados.

Você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ das companhias.

  • No campo “Situação em 31/12/2020”, você deve informar a quantidade de opções (você encontra a quantidade em seu Informe de Rendimento na aba “Custódia”) multiplicadas pelo valor de aquisição e não pelo seu valor atual. Para isso, você deve calcular o preço médio de todas as compras efetuadas para cada um dos ativos.

Posição Vendida Opções/Ações

As posições vendidas em Ações ou Opções também devem ser declaradas em Dívidas e Ônus Reais conforme abaixo:

20210126-ir-36
  • No campo “Código”, selecione o código: 16 – Outras dívidas e ônus reais;
  • No campo “Discriminação”, digite uma descrição contendo a quantidade de opões ou ações vendidas em 31/12/2020, código de negociação, a razão social da empresa, cnpjBB, e em qual corretora os ativos estão custodiados.

Você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ das companhias.

  • No campo “Situação em 31/12/2020”, você deve informar a quantidade de opções/ações vendidas multiplicadas pelo valor de aquisição e não pelo seu valor atual. Para isso, você deve calcular o preço médio de todas as vendas efetuadas para cada um dos ativos.

Lucros e Prejuízos com Opções

Os rendimentos auferidos em operações com Opções devem ser declarados em Renda Variável – Operações Comuns e Day-trade conforme explicado anteriormente em Lucros e Prejuízos com Ações

ETF de Renda Variável

O ETF de Ações também conhecido como Exchange Traded Funds, são cotas de fundos de investimentos negociados na B3, Bolsa de Valores do Brasil. Eles replicam um índice ou um determinado indicador, por exemplo: se o ETF tiver como referência o Ibovespa, o gestor do fundo irá utilizar recursos dos cotistas para comprar ações que fazem parte desse índice.

Um exemplo de ETF na B3 é o BOVA11. Esse fundo tem como referência o Ibovespa. Ele é composto pelas ações das empresas que movimentam mais de 80% do volume negociado na B3.

Consulte aqui para verificar todos os ETFs de Renda Variável listados na B3.

A declaração dos ETFs de Renda Variável é bem parecida com a declaração de Ações, com recolhimento do Imposto de Renda de 20% para os lucros obtidos com operações em Day-Trade e 15% para os lucros obtidos com operações normais, porem diferente das ações, não possuem isenção de Imposto de Renda para venda até o limite de R$20 mil no mês.

Assim como acontece com as Ações, o cálculo mensal dos rendimentos auferidos nas operações com ETFs e recolhimento via DARF é de responsabilidade do investidor.

Para realizar a declaração você precisará da Posição de seus ETFs no dia 31/12/2020, último dia útil do ano, e os Lucros e Prejuízos nas operações encerradas durante o ano de 2020.

Saldo das Aplicações (Posição em Custódia)

Você deve informar o saldo investido de suas aplicações em 31/12/2020 na ficha de Bens e Direitos, conforme abaixo:

20210126-ir-37
  • No campo “Código”, selecione o código: 74 - Fundo de ações, Fundos Mútuos de Privatização, Fundos de Investimento em Empresas Emergentes, Fundos de Investimento em Participação e Fundos de Investimentos de Índice de Mercado;
  • No campo ‘Bem ou direito pertencente ao”, selecione Titular;
  • No campo “Localização (País)”, selecione 105 – Brasil;
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ do Administrador do fundo que pode ser consultado no link abaixo, dentro dos Relatórios Financeiros.
  • No campo “Discriminação”, digite uma descrição contendo a quantidade de ETFs em 31/12/2020, código de negociação, a razão social da empresa, CNPJ e em qual corretora os ativos estão custodiados.

Você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ do fundo.

  • No campo “Situação em 31/12/2020”, você deve informar a quantidade de ETFs (você encontra a quantidade em seu Informe de Rendimento na aba “Custódia”) multiplicadas pelo valor de aquisição e não pelo seu valor atual. Para isso, você deve calcular o preço médio de todas as compras efetuadas para cada um dos ativos.

Para verificar os preços de aquisições dos ativos, consultar suas notas de corretagem.

O preço médio é o custo de cada aquisição individual somados e divididos pelo total de ativos adquiridos.

Veja um exemplo:

c) Compra de 100 a R$20,00 = R$2.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$10,00 = Total = R$2.010,00

d) Compra de 400 a R$15,00 = R$6.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$40,00 = Total = R$6.040,00

Preço Médio = Total de A + Total de B / Total de ativos

Preço Médio = 2.010 + 6.040 / 500

Preço Médio = R$16,10

Caso você não tenha alterado sua posição de 2019 para 2020, basta repetir o mesmo valor anterior.

Lucros e Prejuízos com ETFs

Qualquer operação que teve encerramento parcial ou total da posição, tenha lucro ou prejuízo, deve ser declarada mês a mês na Aba de Renda Variável > Operações Comuns/Day-Trade conforme explicado anteriormente em Lucros e Prejuízos com Ações.

BDR – Brazilian Depositary Receipt

BDR é um certificado de depósito emitido no Brasil por uma instituição financeira, representando ações de empresas estrangeiras. Resumindo, é um certificado de depósito de ações estrangeiras negociadas na Bolsa de Valores do Brasil.

Em 11 de agosto de 2020, a CVM alterou a legislação sobre as regras impostas para os BDRs. Dessa forma os investimentos em BDRs que eram exclusivos para Investidores Qualificados, passaram a estar disponíveis para os investidores não qualificados.

A tributação dos BDRs é a mesma de ações:

  • 15% para operações normais, porém sem a isenção do IR para venda até o limite de 20mil.
  • 20% para operações de Day-trade.

Assim como acontece com as Ações, Opções, FII e ETFs de Renda Variável, é de responsabilidade do investidor o cálculo mensal dos rendimentos auferidos nas operações com BDRs e recolhimento via DARF.

Saldo das Aplicações (Posição em Custódia)

Você deve informar o saldo investido de seus BDRs em 31/12/2020 na ficha de Bens e Direitos, conforme abaixo:

20210126-ir-38
  • No campo “Código”, selecione o código: 49 – Outras aplicações e investimentos;
  • No campo “Localização (País)”, selecione 105 – Brasil;
  • No campo “Discriminação”, digite uma descrição contendo a quantidade de BDRs em 31/12/2020, código de negociação, a razão social da empresa e em qual corretora os ativos estão custodiados.

Você pode consultar aqui o nome completo e código dos BDRs.

  • No campo “Situação em 31/12/2020”, você deve informar a quantidade de BDRs (você encontra a quantidade em seu Informe de Rendimento na aba “Custódia”) multiplicadas pelo valor de aquisição e não pelo seu valor atual. Para isso, você deve calcular o preço médio de todas as compras efetuadas para cada um dos ativos.

Para verificar os preços de aquisições dos ativos, consultar suas notas de corretagem.

O preço médio é o custo de cada aquisição individual somados e divididos pelo total de ativos adquiridos.

Veja um exemplo:

a) Compra de 100 a R$20,00 = R$2.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$10,00 = Total = R$2.010,00

b) Compra de 400 a R$15,00 = R$6.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$40,00 = Total = R$6.040,00

Preço Médio = Total de A + Total de B / Total de ativos

Preço Médio = 2.010 + 6.040 / 500

Preço Médio = R$16,10

Caso você não tenha alterado sua posição de 2019 para 2020, basta repetir o mesmo valor anterior.

Lucros e Prejuízos com BDRs

Qualquer operação que teve encerramento parcial ou total da posição, tenha lucro ou prejuízo, deve ser declarada mês a mês na Aba de Renda Variável > Operações Comuns/Day-Trade conforme explicado anteriormente em Lucros e Prejuízos com Ações.

Proventos de BDRs

O que difere na tributação dos BDRs para Ações são os pagamentos dos proventos, uma vez que os rendimentos repassados ao investidor brasileiro seguem a mesma regra de tributação do país de origem.

Os dividendos de BDRs recebidos são tributados conforme tabela progressiva do IR (até o limite de 27,5%). O recolhimento deve ser realizado via Carnê-Leão, pelo próprio contribuinte, no mês subsequente ao recebimento dos proventos. Também é calculado a taxa da instituição depositária no Brasil que atualmente é 3%, sobre o pagamento de dividendos e/ou outras distribuições em dinheiro anunciados pela empresa.

Uma vez realizado o lançamento dos rendimentos no programa Carnê-Leão, quando for fazer a declaração de ajuste anual do imposto de renda, bastará fazer a importação dos dados. Desta forma, ao fazer a importação, os valores serão apresentados na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de PF/Exterior”.

Rendimento: Tabela Progressiva (mensal)

Base Alíquota
Até 1.903,98 -
De 1.903,99 até 2.826,65 7,50%
De 2.826,66 até 3.751,05 15%
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5%
Acima de 4.664,68 27,5%

Qual CNPJ Usar na Declaração de BDR?

Para declarar sua posição de BDRs na ficha Bens e Direitos não será necessário entrar com o campo CNPJ visto que a empresa relacionada à BDR é uma empresa estrangeira. Portanto, pode deixar este campo em branco (00000000/0000-00).

FII – Fundos de Investimentos Imobiliários

Se você investiu em FIIs, por mais que os Rendimentos Mensais sejam isentos do Imposto de Renda você precisa informar as operações em sua declaração de ajuste anual.

Os FIIs possuem a tributação um pouco diferente das Ações. Seguem as principais diferenças:

  • O lucro líquido auferido nas vendas das cotas dos FIIs tem tributação de 20%.
  • Não há diferenciação entre Day-trade e operações normais, ambas incidem a mesma alíquota de 20%.
  • Não há isenção do Imposto de Renda nas vendas abaixo do volume de 20 mil no mês.
  • Rendimentos Mensais pagos aos cotistas são Isentos de IR para pessoa física.

OBS: A isenção de IR nos rendimentos mensais dos FIIs são válidas somente para os fundos de investimentos imobiliários negociados em bolsa e que tiverem mais de 50 cotistas.

Para declarar seus fundos de investimento imobiliário, você precisa ter em mãos o informe de rendimento enviado pelos Administradores dos fundos via Correios.

Caso não os tenha recebido, você pode consultar aqui o contato do administrador do fundo para solicitar o seu informe.

Rendimentos Isentos Recebidos

Os rendimentos isentos pagos pelos FIIs devem ser declarados em Rendimentos Isentos e Não Tributáveis, conforme abaixo:

20210126-ir-39
  • No campo “Código”, selecione o código: 26 – Outros;
  • No campo “Tipo de Beneficiário”, selecione Titular;
  • No campo “CPF/CNPJ” da Fonte Pagadora, utilize o CNPJ do Administrador do fundo;
  • No campo “Nome da Fonte Pagadora”, utilize o nome do Administrador do fundo;
  • No campo “Descrição”, informe o nome do fundo a que se refere o pagamento dos rendimentos;

Você deverá incluir essa informação para cada fundo imobiliário em sua custódia.

Caso não receba o informe de Rendimentos do Administrador do fundo, você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ do fundo, assim como informações do Administrador para maiores detalhes.

  • No campo Valor, você deve informar os rendimentos recebidos. O informe de rendimento com as informações dos valores recebidos é enviado pelos Administradores dos fundos via Correios.

Saldo das Aplicações (Posição em Custódia)

Você deve informar o saldo investido de seus FII em 31/12/2020 na ficha de Bens e Direitos, conforme abaixo:

20210126-ir-40
  • No campo “Código”, selecione o código: 73 - Fundo de Investimento Imobiliário;
  • No campo “Bem ou direito pertencente ao”, selecione Titular;
  • No campo “Localização (País)”, selecione 105 – Brasil;
  • No campo “CNPJ”, utilize o CNPJ do Administrador do fundo;
  • No campo “Discriminação”, digite uma descrição contendo a quantidade de cotas em 31/12/2020, código de negociação, a razão social do fundo, CNPJ do fundo e em qual corretora os ativos estão custodiados.

Você pode consultar aqui o nome completo e CNPJ do fundo.

  • No campo “Situação em 31/12/2020”, você deve informar a quantidade de FIIs (você encontra a quantidade em seu Informe de Rendimento na aba “Custódia”) multiplicadas pelo valor de aquisição e não pelo seu valor atual. Para isso, você deve calcular o preço médio de todas as compras efetuadas para cada um dos ativos.

Para verificar os preços de aquisições dos ativos, consultar suas notas de corretagem.

O preço médio é o custo de cada aquisição individual somados e divididos pelo total de ativos adquiridos.

Veja um exemplo:

a) Compra de 100 a R$20,00 = R$2.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$10,00 = Total = R$2.010,00

b) Compra de 400 a R$15,00 = R$6.000,00 + Taxas (emolumentos, corretagem, entre outros) R$40,00 = Total = R$6.040,00

Preço Médio = Total de A + Total de B / Total de ativos

Preço Médio = 2.010 + 6.040 / 500

Preço Médio = R$16,10

Caso você não tenha alterado sua posição de 2019 para 2020, basta repetir o mesmo valor anterior.

Lucros e Prejuízos com FIIs

Qualquer operação que teve encerramento parcial ou total da posição, tenha lucro ou prejuízo, deve ser declarada mês a mês na Aba de Renda Variável > Operações Fundos de Investimento Imobiliário – Titular, conforme abaixo:

20210126-ir-41
  • No campo “Resultado líquido no mês”, informe o valor do lucro líquido apurado na operação;
  • No campo “Resultado negativo até o mês anterior”; caso tenha prejuízos a compensar, você pode incluir a somatória do prejuízo acumulado declarada no ano anterior. Dessa forma, o programa automaticamente acumula os prejuízos para os meses seguintes;
  • No campo “Imposto retido no mês (Lei 11.033/2004)”, você deve informar o IRRF nas operações com o FII, dessa forma reduzindo o imposto a pagar;
  • No campo “Imposto pago”, caso você tenha imposto a pagar devido a suas operações dentro do mês, o recolhimento deve ser feito via DARF, dessa forma você precisa informar o valor que foi pago neste campo.

OBS: Caso você tenha realizado o pagamento da DARF em atraso, pagando multa e juros, o valor a ser informado neste campo é o valor principal, sem os encargos somados.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

As informações disponíveis nesse ebook são de caráter meramente informativo e buscam auxiliar os clientes da Vitreo na elaboração da declaração de imposto de renda, mas não substituem as regras previstas na legislação tributária.

Os investidores são responsáveis pelas declarações realizadas, bem como pela apuração dos resultados e pelo pagamento de eventuais impostos incidentes. Recomenda-se a leitura completa da legislação e, em caso de dúvidas, a busca por profissionais especializados no assunto.

A Vitreo DTVM não se responsabiliza por decisões e interpretações decorrentes da utilização desse manual e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo, no todo ou em parte.

Anexo I – Lista de fundos Vitreo + Tributação

Nome do Ativo CNPJ Tributação Cód. Bens
e Direitos
MAM Fundo de Investimento em Ações BDR Nível I 39.846.774/0001-73 Ações 74
RBR Vitreo Real Estate Global FIA Investimento no Exterior 38.173.737/0001-89 Ações 74
Verde AM 60 VTR FICFIM 40.575.794/0001-36 Longo Prazo 72
Vitreo Asia Opportunity FIA IE 40.575.639/0001-10 Ações 74
Vitreo AWP Investimento no Exterior FI Multimercado 35.780.086/0001-05 Longo Prazo 72
Vitreo Bonds BRL FIM Investimento no Exterior Crédito Privado 35.828.667/0001-61 Longo Prazo 72
Vitreo Bonds BRL Light FIC de Fundo de Investimento Multimercado 35.828.658/0001-70 Longo Prazo 72
Vitreo Bonds USD FIM Investimento no Exterior Crédito Privado 35.820.632/0001-86 Longo Prazo 72
Vitreo Bonds USD Light FIC FIM 35.820.650/0001-68 Longo Prazo 72
Vitreo Canabidiol Investimento no Exterior FI Ações 34.218.661/0001-00 Ações 74
Vitreo Canabidiol Light FIC Multimercado 34.218.748/0001-87 Longo Prazo 72
Vitreo Carteira Universa FI Multimercado 30.568.854/0001-30 Longo Prazo 72
Vitreo Cripto Metals Blend FIC FIM 36.380.409/0001-28 Longo Prazo 72
Vitreo Criptomoedas FIC de Fundo de Investimento Multimercado Investimento no Exterior 33.736.767/0001-32 Longo Prazo 72
Vitreo Deep Value Fundo de Investimento em Ações 39.913.648/0001-94 Ações 74
Vitreo Dividendos Fundo de Investimento em Ações 37.428.217/0001-07 Ações 74
Vitreo Dólar FI Cambial 33.952.939/0001-05 Longo Prazo 72
Vitreo Essencial FIC FIM 38.150.246/0001-12 Longo Prazo 72
Vitreo Exponencial Investimento no Exterior FI Ações 34.218.752/0001-45 Longo Prazo 72
Vitreo Exponencial Light FIC Multimercado 34.218.757/0001-78 Longo Prazo 72
Vitreo FoF Best Ideas FICFIM 37.503.969/0001-95 Longo Prazo 72
Vitreo FoF ESG Carbono Neutro FIC FIA 37.978.226/0001-71 Ações 74
Vitreo FoF Melhores Fundos Ações FIC Ações 33.952.911/0001-78 Ações 74
Vitreo FoF Melhores Fundos FIC Multimercado Crédito Privado 30.509.286/0001-04 Longo Prazo 72
Vitreo FoF Melhores Fundos Global Equities FIA IE 40.575.673/0001-94 Ações 74
Vitreo FoF Melhores Fundos Global Investimento no Exterior FI Multimercado 33.925.183/0001-05 Longo Prazo 72
Vitreo FoF Melhores Fundos Multimercados FIC Multimercado 33.952.885/0001-88 Longo Prazo 72
Vitreo FoF Tech FICFIA BDR Nivel I 39.846.602/0001-08 Ações 74
Vitreo Franklin W-ESG BDR Nivel I 38.173.769/0001-84 Ações 74
Vitreo Ibovespa Index FIA 40.502.503/0001-80 Ações 74
Vitreo Inflação FI Renda Fixa 35.820.586/0001-15 Longo Prazo 72
Vitreo Long Biased Fundo de Investimento Multimercado 37.333.875/0001-15 Longo Prazo 72
Vitreo MAB Plus FI Ações 33.953.227/0001-00 Ações 74
Vitreo Melhores Fundos Global Light FIC de Fundo de Investimento 35.820.605/0001-03 Longo Prazo 72
Vitreo Microcap Alert FI Ações 35.780.039/0001-53 Ações 74
Vitreo Moedas Life FI Cambial 37.569.678/0001-08 Longo Prazo 72
Vitreo Money Rider Hedge Fund Investimento no Exterior FI Multimercado 35.120.080/0001-01 Longo Prazo 72
Vitreo Money Rider Hedge Fund Light FIC Multimercado 35.101.822/0001-43 Longo Prazo 72
Vitreo Moneybets FIA IE 38.417.126/0001-39 Ações 74
Vitreo Oportunidades de uma Vida FI Ações 34.218.763/0001-25 Ações 74
Vitreo Ouro FIC Multimercado 33.925.149/0001-30 Longo Prazo 72
Vitreo Prata Fundo de Investimento Multimercado 37.843.177/0001-60 Longo Prazo 72
Vitreo PRP FI Multimercado 33.952.962/0001-08 Longo Prazo 72
Vitreo Renda Extra Fundo de Investimento Multimercado 37.570.065/0001-82 Longo Prazo 72
Vitreo Selic FIRF Simples 35.816.893/0001-22 Longo Prazo 72
Vitreo Special Situations FIA 37.927.425/0001-50 Ações 74
Vitreo Tech Asia FIA BDR Nivel I 38.440.156/0001-66 Ações 74
Vitreo Tech Brasil Fundo de Investimento em Ações 37.443.756/0001-15 Ações 74
Vitreo Tech Games FIA BDR Nivel I 39.456.513/0001-47 Ações 74
Vitreo Tech Select Fundo de Investimento em Ações BDR Nivel I 36.017.669/0001-33 Ações 74
Vitreo Urânio Fundo de Investimento Multimercado 40.503.169/0001-89 Longo Prazo 72
Vitreo WB 90 FIA BDR Nivel I 38.318.335/0001-25 Ações 74
Vitreo Double Income Fundo de Investimento Renda Fixa 37.843.087/0001-79 Longo Prazo 72
VTR Verde AM 60 FICFIM 40.575.765/0001-74 Longo Prazo 72

Anexo II – Lista de fundos Terceiros + Tributação

Nome do Ativo CNPJ Tributação Cód. Bens
e Direitos
A1 Hedge FICFIM 36.181.846/0001-12 Longo Prazo 72
Absolute Vertex II FIC FIM  23.565.803/0001-99 Longo Prazo  72 
Acadian Global Managed Volatility Equity FICFIM IE   25.306.476/0001-86 Longo Prazo  72 
Adam Macro II FICFIM   24.029.438/0001-60 Longo Prazo  72 
Adam Macro Strategy II FICFIM   23.951.048/0001-80 Longo Prazo  72 
Alaska Black FICFIA BDR Nível I   12.987.743/0001-86 Ações  74 
Alaska Black II FIC FICFIA  26.648.868/0001-96 Ações  74 
Alaska Black Institucional FIA  26.673.556/0001-32 Ações  74 
Alpha Key Institucional FICFIA  36.352.721/0001-08 Ações  74 
Alpha Key Long Biased FICFIM  34.839.385/0001-05 Longo Prazo  72 
Angá Portfólio FIM    09.620.860/0001-00 Longo Prazo  72 
Apex Equity Hedge FIM  13.608.337/0001-28 Longo Prazo  72 
Apex Long Biased 30 FICFIM  36.352.617/0001-13 Longo Prazo  72 
ARX Income FICFIA  03.168.062/0001-03 Ações  74 
Asa Hedge FIC FIM  20.458.815/0001-26 Longo Prazo  72 
Athena Total Return II FICFIA  23.186.344/0001-32 Ações  74 
Atlas One FIC FIA  13.083.227/0001-90 Ações  74 
Atlas One Long Biased FIC FIA  36.182.298/0001-45 Ações  74 
Augme180 FICFIRF CrPr   34.218.678/0001-67 Longo Prazo  72 
Augme45 FICFIRF CrPr   14.237.118/0001-42 Longo Prazo  72 
Az Quest Low Vol FICFIM    10.320.188/0001-09 Longo Prazo  72 
AZ Quest Termo FIRF   22.681.798/0001-17 Longo Prazo  72 
BAHIA AM FICFIM   09.528.698/0001-97 Longo Prazo  72 
BAHIA AM MARAÚ FICFIM   17.087.932/0001-16 Longo Prazo  72 
BLP Ações I FICFIA  37.830.181/0001-93 Ações  74 
BLP Multiestratégia I FIC FIM   35.844.973/0001-91 Longo Prazo  72 
Bogari Value FIC FIA  08.323.402/0001-39 Ações  74 
Bogari Value Q FIC FIA  29.286.347/0001-24 Ações  74 
Brasil Capital 30 FICFIA   14.866.273/0001-28 Ações  74 
Brasil Plural Crédito Corporativo II FICFIRF CrPr LP   18.316.558/0001-46 Longo Prazo  72 
Canvas Enduro II FICFIM  18.480.735/0001-25 Longo Prazo  72 
Canvas Vector FIC FIM  28.866.524/0001-89 Longo Prazo  72 
Capitânia Premium FICFIRF CrPr LP   20.146.294/0001-71 Longo Prazo  72 
Captalys Panorama FICFIM CrPr  23.957.096/0001-86 Longo Prazo  72 
Claritas Hedge FIC FIM LP  05.488.919/0001-90 Longo Prazo  72 
Claritas Long Short FIC FIM  05.109.839/0001-86 Ações  74 
Claritas Total Return FICFIM  29.298.540/0001-85 Longo Prazo  72 
COMPASS LONG BIASED FICFIM  39.800.304/0001-79 Longo Prazo  72 
Compass Ninety One Global Franchise FICFIA  37.712.284/0001-59 Ações  74 
Constellation Compounders ESG FICFIA  18.872.811/0001-48 Ações  74 
Constellation Institucional FICFIA  16.948.298/0001-04 Ações  74 
Dahlia Institucional FIC FIA  30.858.733/0001-22 Ações  74 
Dahlia Total Return FIC FIM  30.317.454/0001-51 Longo Prazo  72 
DOLAR GLOBAL MACRO OPPORTUNITIES FIM IE  24.454.718/0001-16 Longo Prazo  72 
EMPÍRICA LÓTUS FIC MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO    17.251.743/0001-37 Longo Prazo  72 
Empírica Vox Impacto FICFIM CP    31.353.316/0001-90 Longo Prazo  72 
ENCORE AÇÕES FICFIA   37.751.366/0001-02 Ações  74 
ENCORE LONG BIAS FICFIM  37.487.351/0001-89 Longo Prazo  72 
Equitas Selection FIA  12.004.203/0001-35 Ações  74 
Fama FIC FIA  00.601.692/0001-23 Ações  74 
FORPUS AÇÕES FICFIA   21.917.184/0001-29 Ações  74 
Forpus Multiestratégia FIM LP   37.887.638/0001-04 Longo Prazo  72 
GAMA Bridgewater Global Risk Premium USD FICFIM IE   36.327.569/0001-03 Longo Prazo  72 
Garde Athos Long Biased FICFIM   30.995.018/0001-31 Longo Prazo  72 
Garde D'Artagnan FICFIM   19.212.817/0001-51 Longo Prazo  72 
GARÍN CÍCLICO LONG BIASED FIM  28.470.590/0001-35 Longo Prazo  72 
GARÍN SPECIAL FIC FIM   10.447.046/0001-07 Longo Prazo  72 
Gaus FIC FIM  24.592.505/0001-50 Longo Prazo  72 
Gaus Income FIC FIRF CP  26.434.293/0001-09 Longo Prazo  72 
Gávea Macro FIC FIM  08.893.082/0001-52 Longo Prazo  72 
Gávea Macro Plus II FIC FIM  30.556.738/0001-09 Longo Prazo  72 
Genoa Capital Radar FICFIM   35.828.684/0001-07 Longo Prazo  72 
Geo Empresas Globais em Doláres FIC FIA IE  28.075.532/0001-07 Ações  74 
Geo Empresas Globais em Reais FIC FIA IE  32.102.192/0001-33 Ações  74 
GIANT DARIUS FICFIM  31.440.882/0001-30 Longo Prazo  72 
Giant Sigma FIC FIM  29.826.089/0001-21 Longo Prazo  72 
Giant Zarathustra FICFIM    11.052.478/0001-81 Longo Prazo  72 
GLOBAL BOND OPPORTUNITIES FICFIM CP IE CLASSE A  29.587.389/0001-03 Longo Prazo  72 
GLOBAL INCOME ALLOCATION FICFIM CP IE CLASSE A  26.112.046/0001-96 Longo Prazo  72 
GLOBAL MACRO OPPORTUNITIES FICFIM IE CLASSE A  19.821.469/0001-10 Longo Prazo  72 
GUARDIAN HOGAN GLOBAL EQUITY II INVESTIMENTO NO EXTERIOR FICFIM   36.947.848/0001-70 Longo Prazo  72 
Guepardo Insistitucional FIC FIA  08.830.947/0001-31 Ações  74 
Hashdex Criptoativos Discovery FIC FIM  33.736.873/0001-16 Longo Prazo  72 
Hix Capital FIC FIA  07.317.588/0001-50 Ações  74 
Hix Capital Insititucional FIC FIA  22.662.135/0001-55 Ações  74 
Hogan Absoluto FIC FIM  06.170.653/0001-03 Longo Prazo  72 
Ibiuna Credit FICFIM CrPr   37.310.657/0001-65 Longo Prazo  72 
Ibiuna Equities 30 FICFIA   26.243.348/0001-01 Ações  74 
Ibiuna Hedge FICFIM   12.154.412/0001-65 Longo Prazo  72 
Ibiuna Hedge STH FICFIM   15.799.713/0001-34 Longo Prazo  72 
Ibiuna Long Biased FICFIM   17.554.200/0001-99 Longo Prazo  72 
IBIUNA LONG SHORT STLS FICFIM  18.391.138/0001-24 Longo Prazo  72 
ICATU VANGUARDA DIVIDENDOS 30 FIA  34.546.979/0001-10 Ações  74 
Icatu Vanguarda Inflação Curta FICFIRF LP    12.682.783/0001-10 Longo Prazo  72 
Indie FICFIA   17.335.646/0001-22 Ações  74 
IP  Value Hedge BDR Nível I  05.936.530/0001-60 Ações  74 
IP Participações IPG FICFIA BDR Nível1  12.082.452/0001-49 Ações  74 
JGP ESG FICFIA  35.956.906/0001-69 Ações  74 
JGP ESG Institucional  37.888.003/0001-13 Ações  74 
JGP Health Care FIC FIA IE   18.628.905/0001-76 Ações  74 
JGP Select FICFIM CrPr   21.946.695/0001-79 Longo Prazo  72 
JGP Strategy FICFIM   13.812.165/0001-00 Longo Prazo  72 
JOURNEY CAPITAL VITREO RDVT11 35.780.106/0001-30 Longo Prazo  72 
KADIMA HIGH VOL FIM  14.146.496/0001-10 Longo Prazo  72 
KADIMA II FIC FIM  09.441.308/0001-47 Longo Prazo  72 
Kadima Long Bias FIM  33.378.392/0001-86 Longo Prazo  72 
KADIMA LONG SHORT PLUS FIA  31.455.960/0001-70 Ações  74 
KAIRÓS MACRO FICFIM   32.318.799/0001-55 Longo Prazo  72 
KAPITALO KAPPA D FIN FIC MULTIMERCADO    29.726.019/0001-00 Longo Prazo  72 
Kapitalo Tarkus FIQ FIA   28.747.685/0001-53 Ações  74 
Kinea Atlas II FIM   29.762.315/0001-58 Longo Prazo  72 
Kinea Chronos FIM  21.624.757/0001-26 Longo Prazo  72 
KRP Diagrama Macro FIC FIM  26.725.138/0001-41 Longo Prazo  72 
Leblon Ações II FICFIA    26.768.800/0001-40 Ações  74 
Legacy Capital II FICFIM  35.711.552/0001-92 Longo Prazo  72 
Logos Long Biased II FIC FIA  34.579.122/0001-04 Ações  74 
Logos Total Return  11.182.072/0001-13 Longo Prazo  72 
MACRO CAPITAL ONE FICFIM    32.973.321/0001-69 Longo Prazo  72 
Man AHL Target Risk FIC FIM IE   32.319.558/0001-20 Longo Prazo  72 
Man AHL Target Risk USD FICFIM IE   38.281.316/0001-71 Longo Prazo  72 
Mauá Capital Total Return   35.779.965/0001-09 Longo Prazo  72 
Mauá Macro FICFIM  05.903.038/0001-98 Longo Prazo  72 
MILES VIRTUS B FIC AÇÕES   33.953.430/0001-87 Ações  74 
MZK Dinâmico FIC MULTIMERCADO   29.762.329/0001-71 Longo Prazo  72 
Navi Long Biased FIC FIM  26.680.221/0001-41 Longo Prazo  72 
NCH Maracanã FIA  17.759.778/0001-81 Ações  74 
NEO Future FICFIA   16.816.153/0001-41 Ações  74 
NEO Future II FIC FIA  29.994.491/0001-15 Ações  74 
NEO Navitas B FIC FIA  26.218.614/0001-38 Ações  74 
Nest Absolute Return FIM  28.911.598/0001-90 Longo Prazo  72 
Nest FIA  26.587.503/0001-07 Ações  74 
NOVUS CAPITAL INSTITUCIONAL FICFIM   06.301.947/0001-19 Longo Prazo  72 
Novus Capital Macro FICFIM   14.146.726/0001-41 Longo Prazo  72 
Oaktree Global Credit FICFIM IE   29.853.005/0001-49 Longo Prazo  72 
Occam Retorno Absoluto FICFIM   17.162.002/0001-80 Longo Prazo  72 
Oceana Long Biased VTR FIC FIA  32.771.148/0001-16 Ações  74 
Pacífico Ações FICFIA    14.083.797/0001-42 Ações  74 
Pacífico Macro FICFIM    22.354.046/0001-41 Longo Prazo  72 
Pandhora Essencial FICFIM   24.140.265/0001-53 Longo Prazo  72 
Pandhora Long Bias FICFIM  34.096.132/0001-80 Longo Prazo  72 
Pátria PIPE Feeder Private FICFIA   32.320.734/0001-44 Ações  74 
PERFIN FORESIGHT INSTITUCIONAL FICFIA  10.608.762/0001-29 Ações  74 
Persevera Compass FICFIM  31.326.427/0001-08 Longo Prazo  72 
Pimco Income Dólar FICFIM IE  32.225.478/0001-06 Longo Prazo  72 
Pimco Income FICFIM IE   23.729.512/0001-99 Longo Prazo  72 
PLURAL ESG CRÉDITO PRIVADO 45 FICFIRF LP  38.281.169/0001-30 Longo Prazo  72 
Prumo Ações FIA  16.987.508/0001-65 Ações  74 
QUASAR ADVANTAGE FIRF CP LP  29.206.196/0001-57 Longo Prazo  72 
QUASAR LATAM BONDS BRL FIM CP IE  21.732.619/0001-60 Longo Prazo  72 
RBR Reits US Dolar FICFIA BDR Nível I   40.102.306/0001-73 Ações  74 
Reach FIA  20.468.028/0001-65 Ações  74 
Reach Total Return FIC FIA  26.362.460/0001-53 Ações  74 
Real Investor FIA BDR Nível 1  10.500.884/0001-05 Ações  74 
Real Investor FIM  28.911.549/0001-57 Longo Prazo  72 
RPS Equity Hedge D30 FIC FIM   25.530.044/0001-54 Longo Prazo  72 
RPS Global Macro FICFIM  38.971.869/0001-56 Longo Prazo  72 
RPS Selection FICFIA   27.783.868/0001-61 Ações  74 
RPS TOTAL RETURN D90 FIC FIM   35.088.121/0001-11 Longo Prazo  72 
Safari 45 FICFIM II  31.533.638/0001-11 Longo Prazo  72 
Schroder Core Plus FICFIA   31.923.988/0001-94 Ações  74 
Schroder Tech Equity Long&Short IE FICFIM   35.744.790/0001-02 Longo Prazo  72 
SFA FICFIA BDR NÍVEL I  34.507.252/0001-23 Ações  74 
Sharp Equity Value Feeder FICFIA  12.565.159/0001-32 Ações  74 
Sharp Long Biased Feeder FICFIA  32.068.007/0001-31 Ações  74 
Spectra Latim Amercia Equity V FIM CP  38.417.971/0001-04 Longo Prazo  72 
SPX Nimitz VTR SN  31.457.455/0001-64 Longo Prazo  72 
SPX SEAHAWK FICFIRF CrPr LP  35.505.971/0001-78 Longo Prazo  72 
STK LONG BIASED FICFIA    12.282.747/0001-69 Ações  74 
STK LONG ONLY FICFIA    17.164.804/0001-29 Ações  74 
Studio 30 FIC FIA  17.301.119/0001-05 Ações  74 
Studio FIC FIA  11.225.767/0001-35 Ações  74 
Tarpon GT FIC FIA  22.232.927/0001-90 Ações  74 
Tarpon Wahoo FIA  34.713.026/0001-07 Ações  74 
Tavola Absoluto FIC FIA II  34.096.196/0001-81 Longo Prazo  72 
Tavola Absoluto FIC FIM II  34.096.196/0001-81 Longo Prazo  72 
Tork FIC FIA  31.493.876/0001-40 Ações  74 
Tork Long Only Institucional FICFIA   31.533.145/0001-81 Ações  74 
Trígono Flagship Small Caps 60 FICFIA   35.471.498/0001-55 Ações  74 
Truxt I Long Bias FICFIM  26.210.505/0001-74 Longo Prazo  72 
TRUXT I MACRO FICFIM    26.277.600/0001-95 Longo Prazo  72 
TRUXT I VALOR FICFIA   26.269.603/0001-87 Ações  74 
Valora Absolute FIRF CP LP    10.326.625/0001-00 Longo Prazo  72 
Verde AM Mundi Ações Globais BRL FICFIA IE   37.013.129/0001-44 Ações  74 
Verde AM Mundi Ações Globais FICFIA IE   34.831.155/0001-91 Ações  74 
VERSA FIT LONG BIASED FIM  29.574.952/0001-09 Longo Prazo  72 
Vinland Macro FIC FIM   28.581.166/0001-68 Longo Prazo  72 
Vinland Macro Plus FICFIM   30.593.439/0001-36 Longo Prazo  72 
Vista FICFIA  21.329.166/0001-26 Ações  74 
VITIS CAPITAL LONG BIASED FIC MULTIMERCADO   35.779.895/0001-99 Longo Prazo  72 
VTR SF FICFIA   31.457.442/0001-95 Ações  74 
VTR SR FICFIM CrPr IE   31.457.486/0001-15 Longo Prazo  72